Tagliata

Aprendi a preparar este típico prato italiano, original da região da Toscana na Itália, com o programa Homens Gourmet, exibido no canal Bem Simples. Aliás, quero considerar que adoro este programa e já preparei várias receitas que os 04 chefs preparam com a maior simplicidade do mundo.

A tagliata é uma carne (normalmente é usado o filé mignon) preparada com um método de cozimento diferente: o corte deve ser como o de um bife grande, tendo uns 05 cm de espessura.

Deve ser grelhado de todos os lados por uns 05 minutos e a carne terá uma cor rosada por dentro. Com isso, todos os líquidos ficarão dentro da carne, mantendo o sabor e a maciez que é típica deste prato.

Para preparar esta receita, eu não achei filé mignon. Mas, achei um belo contra-filé o pedi para cortar um grande bife, com uns 07 cm de espessura: lindo!

Chegando em casa, limpei bem a peça e tirei o excesso de gordura. Vou passar a lista dos ingredientes para vocês:

01 bife bem grosso de filé mignon (ou contra-filé, como eu usei neste caso)

alecrim fresco

pimenta-do-reino moída na hora

sal à gosto

um fio de azeite

rúcula

tomate-cereja

lascas de queijo parmesão para a salada (este eu não tinha, então deixei sem)

Pegue a carne, tire o excesso de gordura e tempere com sal, muita pimenta do reino e alecrim finamente picado, como se quisesse formar uma crosta com a erva.

Obs.: num momento criativo meu, peguei alguns dentes de alho, cortei no sentido do comprimento, fiz uns cortinhos na peça e enfiei o alho na carne.

Coloque um fio de azeite numa panela, aqueça bem e coloque a carne.

Deixe seu filé grelhar por uns 05 minutos de cada lado (todos os lados). Cuidado ao vira-lo para não furar sua carne e assim, sair todo o líquido que fica em seu interior. O ideal é vira-lo cuidadosamente.

Enquanto isso, prepare uma cama com rúcula e o tomate cereja numa travessa, para que depois você acomode as fatias de carne por cima.

Quando o “bifão” estiver pronto, desligue o forno e deixe descansar por uns 03 minutos sobre uma taboa. Depois do descanso, fatie em fatias de no máximo, 01 cm de espessura.

Aqui em casa, não é todo mundo que gosta da carne mal-passada. Por isso, peguei algumas fatias e voltei à panela para grelhar um pouquinho mais. Mas, no geral, eu adoro a carne mal-passada, ainda mais nesse prato.

Acomode as fatias de carne sobre a rúcula, salpique um pouco de sal e sua tagliata está pronta para ser apreciada.

Obs.: já ia esquecendo de dizer que preparei um molhinho de chimichurri para acompanhar a tagliata.

Bom apetite! :)

 

 

Um comentário to “Tagliata”

  1. Andrade disse:

    É boa mesmo…mas no programa ele deixa bem mais mal passada. Eu fiquei com água na boca.

Deixar um comentário


Topo do post